Nº 1295 ano 2018
Data:

Principal PESQUISA VOPE


Disputa é acirrada mas Vicentinho Alves abre sete pontos de vantagem

Realizada entre os dias 08 a 11 de maio, a pesquisa está registrada no TRE/TO e ouviu 1.200 eleitores das 30 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins. A margem de erro é de 2,8% para mais ou para menos.

Por: Redação
Publicada em: 14/05/2018 6h36min
Atualizada em: 21/05/2018 16h53min
Foto: Redação

A segunda rodada de pesquisa do instituto Vope/jornal Primeira Página para a eleição suplementar de governador no dia 03 de junho, mostra que a disputa vem ficando acirrada a cada dia nesta curta campanha.

Contudo, o líder na primeira rodada publicada no dia 30 de abril, senador Vicentinho Alves (PR), ampliou a vantagem para a segunda colocada Kátia Abreu (PDT) em sete pontos percentuais. Antes, a diferença entre os dois era de quatro pontos. Ele tinha 21% e ela aparecia com 17%.

Neste segundo levantamento, na pesquisa estimulada, quando uma lista com os nomes dos candidatos é apresentada ao eleitor, Vicentinho Alves recebeu 25% da preferência. Kátia Abreu foi indicada por 18% e Carlos Amastha (PSB) agora tem 15% (ele tinha vindo empatado com Kátia Abreu, com percentual de 17%).

A margem de erro é de 2,8% para mais ou para menos. A pesquisa foi realizada entre os dias 08 a 11 de maio, sendo ouvidos 1.200 eleitores das 30 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins.

Mauro Carlesse, o atual governador, que assumiu depois da cassação de Marcelo Miranda pelo Tribunal Superior Eleitoral, está com 11%. Na pesquisa de 30 de abril, ele tinha 14%.

Marlon Reis (Rede) está agora com 6% (apareceu na rodada anterior com 4%). Mário Lúcio Avelar (Psol) tem 2% (mesmo percentual da primeira rodada). O candidato do PRTB Marcos Sousa tem 1% (havia sido apontado por 2%).

A pesquisa do Vope (pronuncia-se Vópe) revela que estão indecisos 11%, pretendem votar branco/nulo 9% e não responderam 2%. O levantamento está registrado no Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins em Eleições Suplementares 2014 com o número TO-04926/20014.

30% dos entrevistados não votariam em Kátia Abreu de jeito nenhum

Na pergunta sobre a rejeição aos candidatos, 30% dos entrevistados pelo Instituto Vope/Primeira Página, afirmaram que não votariam de jeito nenhum na senadora Kátia Abreu (PDT), percentual que subiu 8 pontos em relação à primeira rodada, onde ela aparecia com rejeição de 22%.

Kátia é seguida nesse quesito pelo ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB) indicado por 23% (na anterior ele tinha 20%).  Mauro Carlesse (PHS) tem 16% de rejeição (foi indicado na primeira rodada por 11%), Vicentinho Alves (PR) foi apontado por 10% (Antes tinha 7%). 

Também declararam que não escolheriam Marlon Reis (Rede) 2% dos entrevistados, (na anterior foi indicado por 3%). O empresário Marcos Sousa (PRTB) foi rejeitado por 2% (tinha 3%) e Mário Lúcio Avelar (Psol) tem 1% de rejeição (tinha 2%). Afirmaram que não rejeitam nenhum dos candidatos 7%; 8% vão votar branco/nulo e 1% preferiu não responder.

METODOLOGIA DA PESQUISA

Pesquisa de intenção de votos para governador do Tocantins na eleição suplementar de 03 de junho, realizada pelo Instituto Vope - Voz e Pesquisa EIRELI, encomendada pelo jornal Primeira Página. Total de 1.200 eleitores entrevistados da zona urbana das 30 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins. Registrada no TRE/TO em Eleições Suplementares 2014 sob o número TO-04926/20014.

REGIÃO NORTE, composta pelos de Araguaína, Colinas do Tocantins, Araguatins, Tocantinópolis, Augustinópolis, Xambioá, Axixá, Nova Olinda, Sítio Novo e Ananás. REGIÃO CENTRAL composta pelos municípios de Palmas, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Guaraí, Miracema do Tocantins, Miranorte, Pedro Afonso, Lagoa da Confusão e Colméia. REGIÃO SUDESTE, composta pelos municípios de Dianópolis, Taguatinga, Arraias, Natividade e Ponte Alta do Tocantins. REGIÃO SUL composta pelos municípios de Gurupi, Formoso do Araguaia, Peixe, Alvorada do Tocantins, Araguaçú e Figueirópolis.

Registro do Vope (pronu
ncia-se Vópe) no COREN: 005/2012. Estatístico responsável: João Soares de Araújo Neto, registrado no COREN com o número 6892. Data da realização da pesquisa: dia 08, 09, 10 e 11 de maio de 2018. Margem de erro de 2,8 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95%.

As entrevistas são diretas junto ao eleitorado, nos domicílios e áreas comerciais, com amostra representativa do eleitorado cadastrado nos 30 munícipios, tendo por base o número de eleitores informados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Tocantins no mês de março de 2018. Amostra aleatória no sorteio de unidades, distribuída com base nos critérios de sexo, idade, grau de instrução e renda per capita.

 

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins