Clique aqui e leia a versão digital
Nº 1269 ano 2018
Data:

Política Eleições 2018


Eduardo Gomes está em 1º para o Senado e Marcelo, Dimas, Kátia e Amastha empatam para o Governo

A pesquisa do jornal Primeira Página/Vope foi realizada entre os dias 11 a 14 de dezembro de 2017, sendo entrevistados 1.700 eleitores das 18 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins. A margem é de erro é de 3% para mais ou para menos.

Por: Redação
16/12/2017 18h:27min Atualizada em 15/01/2018 9h:41min
Foto: Primeira Página

O jornal Primeira Página/Vope, ao publicar a terceira e última rodada de pesquisa em 2017, procura situar o eleitor para aquela que promete ser as eleições mais acirradas da história do Tocantins. Nas eleições de 2018 serão duas vagas de senador em disputa, e o eleitor irá votar em dois nomes diferentes para o Senado.

Na pesquisa estimulada sobre o primeiro nome e o segundo nome, o instituto fez a apuração geral, chegando aos nomes que lideram somando a opção um e a opção dois. Lembrando que a ordem com que o eleitor vai votar na urna eletrônica não interfere no resultado dos dois nomes vitoriosos.

Pela primeira vez, o ex-deputado federal Eduardo Gomes (SD), que vem fazendo uma forte pré-campanha percorrendo o Tocantins na sua corrida para o Senado, passa a liderar a disputa, ficando na frente do senador Vicentinho Alves (PR). Gomes foi apontado por 21% dos eleitores entrevistados, enquanto Vicentinho foi indicado por 18%. A margem de erro da pesquisa, que ouviu 1.700 eleitores das 18 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins, entre os dias 11 a 14 de dezembro, é de 3% para mais ou para menos. 

O ex-governador Siqueira Campos (DEM) aparece em terceiro lugar, com 15%. Os deputados federais Cesar Halum (PRB), com 11% e Carlos Gaguim (Podemos) com 8%, estão em quarto e quinto lugar respectivamente.  O número de indecisos é de 16%; brancos e nulos representam 9% e não responderam 2%.

Rejeição
Carlos Gaguim é o mais rejeitado, com 16% dos eleitores entrevistados pelo instituto Vope afirmando que não votariam nele de forma alguma, vindo em segundo lugar o senador Vicentinho Alves, com 14%, seguido do ex-governador Siqueira Campos, com 12%. O deputado federal Cesar Halum tem 10% de rejeição, e Eduardo Gomes, tem 9%.

Não rejeitam nenhum dos nomes dos pré-candidatos ao Senado Federal 27%, brancos/nulos somam 10% e não responderam representa 2%.

Marcelo, Dimas, Kátia e Amastha estão empatados

A disputa para ocupar a cobiçada cadeira de governador no Palácio Araguaia revela neste momento, um quadro de empate técnico entre os quatro primeiros pré-candidatos melhores colocados. O governador Marcelo Miranda (PMDB) segue em primeiro lugar na disputa com 16% dos votos, com a novidade de que o segundo lugar, antes da senadora Kátia Abreu (sem partido), passou a ser ocupado agora pelo prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR), apontado por 13% dos eleitores entrevistados.

undefined

Kátia Abreu ficou em terceiro lugar, com 12% da preferência, atrás um ponto apenas de Dimas. A mesma pontuação foi alcançada pelo prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), também indicado por 12% dos eleitores entrevistados.

Como a margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos, verifica-se que Marcelo Miranda, Ronaldo Dimas, Kátia Abreu e Carlos Amastha, estão na verdade muito próximos do empate técnico. Foram entrevistados 1.700 eleitores das 18 maiores cidades das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins, entre os dias 11 a 14 de dezembro.

O deputado estadual Mauro Carlesse (PHS), presidente da Assembleia Legislativa foi indicado por 7%, o senador Ataídes Oliveira (PSDB), por 6%, enquanto Paulo Mourão (PT) e Marlon Reis (Rede), receberam cada um 2% dos votos dos eleitores entrevistados. O número de indecisos é 20%, branco/nulo de 8% e não respondeu 2%.

Pesquisa eleitoral é um retrato do momento, e neste findar de ano, com a virada para 2018 se aproximando, o eleitor tocantinense sabe que a disputa para valer ainda está longe de começar e que ela terá muitos capítulos emocionantes.

Governador tem rejeição de 21% dos eleitores

Nas duas primeiras pesquisas realizadas pelo Instituto Vope/Jornal Primeira Página, a senadora Kátia Abreu era a detentora do maior índice de rejeição do eleitorado, e agora está em segundo lugar, mas atrás apenas um ponto percentual do governador Marcelo Miranda. Do total de entrevistados, 21% declararam que não votariam nele de forma alguma, e 20%, na senadora Kátia Abreu.
O prefeito de Palmas, Carlos Amasta está em terceiro lugar na rejeição, apontado por 14% dos eleitores. Ataídes Oliveira vem em seguida, com 8% das indicações. Ronaldo Dimas tem 6% de rejeição; Mauro Carlesse e Paulo Mourão tem cada um 5% de rejeição, enquanto Marlon Reis tem 2%. Declararam não rejeitar nenhum desses nomes 8%, pretendem votar branco ou anular o voto 9% e não responderam 2%.

Metodologia

Pesquisa de intenção de votos para governador e senador do Estado do Tocantins nas eleições 2018, realizada pelo Instituto Vope – Voz e Pesquisa Tocantins LTDA, encomendada pelo Jornal Primeira Página, sendo entrevistados 1.700 eleitores moradores da zona urbana dos 18 maiores munícipios das regiões Norte, Central, Sudeste e Sul do Tocantins. João Soares de Araújo Neto, registrado no COREN com o número 6892 2ª Região é o estatístico responsável. Data da realização: 11 a 14 de dezembro de 2017. Margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos com intervalo de confiança de 97%. Entrevistas diretas junto ao eleitorado, com questionário estruturado, nos domicílios e áreas comerciais, com amostra representativa do eleitorado cadastrado nos munícipios escolhidos, tendo por base o número de eleitores informados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Tocantins. Amostra aleatória no sorteio de unidades, distribuída com base nos critérios de sexo, idade, grau de instrução e renda familiar.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins