Nº 1305 ano 2019
Data:

Polícia Em Palmas


Homem é condenado a 15 de anos de prisão por homicídio

O assassinato ocorreu em 1º de outubro de 2015, no setor Jardim Aureny II, em Palmas.

Por: Divulgação
Publicada em: 13/03/2019 18h04min
Atualizada em: 18/03/2019 20h13min
Foto: Divulgação
As teses de acusação do Ministério Público Estadual (MPE) foram integralmente acatadas

O Tribunal do Júri condenou o réu Wesley Wilker da Rocha Alves a pena de 15 anos de reclusão, pelo homicídio de Wellington Pereira Alves, combinado com o crime de corrupção de menores. O assassinato ocorreu em 1º de outubro de 2015, no setor Jardim Aureny II, em Palmas.

As teses de acusação do Ministério Público Estadual (MPE) foram integralmente acatadas. Os jurados entenderam que o réu, na companhia de um adolescente, utilizou-se de recurso que dificultou a defesa da vítima, ao surpreendê-la desarmada, atacando-a pelas costas, no momento em que voltava das compras em um mercado. Enquanto um a segurou, o outro desferiu vários golpes de faca. 

Também foi reconhecida pelos jurados a qualificadora de meio cruel, em razão da grande quantidade de golpes de faca, que ocasionaram 31 ferimentos, inclusive perfurações no coração, no fígado, no pulmão e no intestino.

O adolescente que participou da prática delitiva atingiu a maioridade no decorrer do processo penal, tendo sido ouvido na condição de testemunha durante a sessão plenária de julgamento. Ao verificar desconformidades entre a versão apresentada e as provas existentes nos autos, o promotor Saulo Vinhal da Costa requereu prontamente a apuração do crime de falso testemunho.

O réu terá que cumprir a pena em regime inicial fechado. A sentença foi proferida pelo juiz Jordan Jardim, da 1ª Vara Criminal de Palmas.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins