Nº 1290 ano 2018
Data:

Polícia Júri popular


Homem mata amigo por causa de cachorro e é condenado a 13 anos

Consta nos autos que Edmar e a vítima, Idvaldo de Carvalho, eram amigos e moravam em um acampamento próximo ao distrito de Buritirana, em Palmas.

Por: Divulgação
Atualizada em: 13/06/2018 14h36min
Foto: Divulgação
Após ingerirem bebidas alcoólicas, uma discussão entre os dois teria começado por causa do cachorro da vítima

Edmar Lima de Melo foi condenado, pelo Tribunal do Júri da Comarca de Palmas, a 13 anos de reclusão por homicídio qualificado. O crime, ocorrido em 2016, teria sido motivado por discussão a respeito de um animal doméstico.

Consta nos autos que Edmar e a vítima, Idvaldo de Carvalho, eram amigos e moravam em um acampamento próximo ao distrito de Buritirana, em Palmas. Após ingerirem bebidas alcoólicas, uma discussão entre os dois teria começado por causa do cachorro da vítima. O réu não queria a permanência do animal no local e, devido aos ânimos exaltados durante a discussão, ele acabou recorrendo a uma faca para agredir a vítima. Idvaldo foi ferido na altura do pescoço. O crime correu em outubro de 2016.

Durante o julgamento, o conselho de sentença entendeu que o réu matou por motivo fútil e utilizou recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Ao dosar a pena, o juiz que presidiu a audiência, Gil Araújo Côrrea, estabeleceu 13 anos de reclusão ao réu, em regime fechado. A sentença foi proferida na terça-feira (12).

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins