Clique aqui e leia a versão digital
Nº 1261 ano 2017
Data:

Política Prisional


Inscrições para formação do Grupo de Intervenções Rápidas

De acordo com a Espen, só podem se inscrever servidores efetivos da Seciju, técnicos em defesa social, ou da Secretaria da Segurança Pública (SSP), neste caso policiais civis com pelo menos cinco anos de experiência comprovada no Sistema Penitenciário do Tocantins.

Por: Redação
25/07/2017 16h:48min Atualizada em 27/07/2017 9h:19min
Foto: Miller Freitas/Governo do Tocantins
Grupo é mais uma estratégia para garantir a segurança das unidades prisionais do Tocantins.

Técnicos em defesa social e policiais civis interessados em integrar o Grupo de Intervenções Rápidas (GIR), da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), têm até o próximo dia 28 para fazerem suas inscrições gratuitamente na Escola Penitenciária do Tocantins (Espen). As inscrições foram abertas no último sábado, dia 22, conforme consta no edital de seleção publicado no dia 29 de junho no Diário Oficial do Estado (DOE). O GIR foi oficialmente criado no dia 9 de junho, por meio de portaria publicada no DOE, como mais uma estratégia para garantir a segurança das unidades prisionais do Tocantins.  

De acordo com a Espen, só podem se inscrever servidores efetivos da Seciju, técnicos em defesa social, ou da Secretaria da Segurança Pública (SSP), neste caso policiais civis com pelo menos cinco anos de experiência comprovada no Sistema Penitenciário do Tocantins. Os servidores selecionados para compor o GIR terão como base a cidade de Palmas, mas deverão ter disponibilidade para se deslocarem para outras unidades do Estado quando requisitados. Ao todo, o GIR será composto por 21 membros.

Seleção e formação

O processo seletivo será composto por três fases, sendo a primeira uma prova de aptidão física, a segunda um exame psicotécnico e psicossocial e a última fase curso de capacitação. Ao final de cada etapa será divulgado o resultado no site oficial da Seciju e também no DOE. A divulgação das inscrições homologadas será no dia 03 de agosto. O curso de formação terá início dia 28 de agosto e vai até o dia 15 de setembro, sendo que neste mesmo dia também será publicado o nome dos 21 servidores que irão compor o GIR.

O GIR foi criado a partir da necessidade de ações preventivas e respostas rápidas diante de atos de insubordinação das pessoas privadas de liberdade, que possam conduzir a um episódio de maior proporção ou causar malefícios sobre a disciplina e a ordem nos estabelecimentos prisionais. De acordo com o subsecretário da Seciju, Hélio Marques, o GIR visa não apenas manter a ordem e a disciplina nas unidades, mas também a integridade física da população carcerária e dos servidores.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins