Nº 1295 ano 2018
Data:

Política Eleição suplementar


Kátia Abreu e Mauro Carlesse tem registro de candidaturas deferidos pelo TRE

Quanto ao registro de candidatura de Mario Lúcio de Avelar e seu vice Mayst Marcos de Sousa Santos, o julgamento foi adiado para a próxima sessão, nesta sexta-feira (18), às 17h.

Por: Divulgação
Publicada em: 16/05/2018 16h02min
Atualizada em: 16/05/2018 20h49min
Foto: Divulgação
Sessão de Julgamentos do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desta quarta-feira (16)

Durante a Sessão de Julgamentos do Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE-TO), desta quarta-feira (16), a Corte deferiu os registros de candidaturas a governador de Mauro Carlesse e Katia Abreu e indeferiu o pedido formulado pelo Partido Socialismo e Liberdade - PSOL/TO, declarando-o inabilitado para concorrer nas Eleições Suplementares 2018.

O Tribunal decidiu, por unanimidade, indeferir o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários – DRAP formulado pelo partido Socialismo e Liberdade - PSOL/TO, declarando-o inabilitado para concorrer nas Eleições Suplementares 2018, para os cargos de governador e vice-governador.

Quanto ao registro de candidatura de Mario Lúcio de Avelar e seu vice Mayst Marcos de Sousa Santos, o julgamento foi adiado para a próxima sessão, nesta sexta-feira (18), às 17h.

O Tribunal também decidiu julgar regular o Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários – DRAP apresentado pela Coligação "Governo de Atitude" (PRB /PP/PPS/DEM/PHS/PMN/PTC),  e deferiu o registro de candidatura de Mauro Carlesse para governador e de Wanderlei Barbosa Castro para concorrer ao cargo de vice.

Ainda durante a Sessão de Julgamentos, o Pleno do TRE-TO deferiu o pedido de registro de candidatura de Kátia Abreu, para concorrer ao cargo de governadora, pela Coligação “Reconstruindo o Tocantins”, bem como o seu vice Marco Antônio Costa.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins