Nº 1283 ano 2018
Data:

Política Câmara Municipal


Lúcio Campelo cobra agilidade na liberação de obras de saneamento para bairros região norte

A referida obra vai atender mais de 500 famílias que moram nessa região, nos bairros Sonho Meu, São Francisco, Jaú e Rancho Diamante.

Por: Divulgaçao
Atualizada em 16/05/2018 22h:35min
Foto: Divulgação
Vereador irá até a prefeitura cobrar agilidade para obras de saneamento na região norte de Palmas

Nessa terça-feira, 15, durante sessão na Câmara Municipal de Palmas, o vereador Lúcio Campelo (PR) comentou sobre a dificuldade que está ocorrendo quanto as licenças ambientais necessárias para obras de abastecimento de água em bairros da região norte da Capital. Segundo o parlamentar, a prefeitura de Palmas tem atrasado a liberação dos documentos, e que a empresa BRK Ambiental já está com todo o material e maquinário pronto para o início.

“Há mais de 20 anos que os moradores dessa parte da cidade aguardam a chegada de água tratada em suas residências, e agora tudo pode melhorar para esses cidadãos, mas a burocracia tem atrasado a chegada do benefício. Faço aqui um apelo aos gestores municipais que acelerem esse processo, pois tem muita gente que está aguardando essa liberação”, esclareceu o vereador.

A referida obra vai atender mais de 500 famílias que moram nessa região, nos bairros Sonho Meu, São Francisco, Jaú e Rancho Diamante. Na semana passada, o vereador Lúcio Campelo esteve em reunião com dirigentes da empresa BRK, e foi informado que todos os materiais para esse novo investimento estão prontos, totalizando mais de R$ 2 milhões para o saneamento da região. Foi nessa mesma reunião que o vereador conseguiu articular a resolução do mau cheiro de esgoto no setor Bertaville. 

Atrasada

Em seguida, o vereador Lúcio Campelo chamou atenção para outro assunto, que diz respeito as obras em atraso na Avenida NS-04, próximo ao Parque dos Povos Indígenas, que tem gerado transtornos aos cidadãos. Ocorre que parte da avenida está interditada desde o ano passado, quando a prefeitura de Palmas revitalizou o local.

“Todo o trajeto agora tem que ser feito por um caminho mais longo, principalmente para os moradores das quadras 51 e 61. A informação que temos é que falta terra para finalizar o aterro. Isso mostra a necessidade urgente que a prefeitura tem em regularizar as jazidas de cascalho da cidade, tendo em vista que a falta de material é o motivo para esse problema”, cobrou o vereador.

Sessão Solene

Por fim, Lúcio Campelo convidou a população palmense para prestigiar a sessão solene que irá ocorrer nessa quarta-feira, 16, em homenagem ao Dia do Defensor Público. Na ocasião, a Câmara irá conceder um título de cidadão palmense ao senhor Arthur Luiz Pádua Marques, em projeto de lei de autoria do vereador Lúcio Campelo.

Arthur Pádua está há quase 10 anos atuando como defensor público, em ações coletivas e processos individuais, com destaque para área da saúde, na qual tem buscado melhorias para a população através das vias judiciais. Além disso, o defensor desempenha, extrajudicialmente, diálogos e reuniões com movimentos sociais de moradia, quilombolas e outros temas.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins