Nº 1293 ano 2018
Data:

Estado Dia do cerrado


Naturatins divulga ações de preservação e conservação

No sentido de manter a preservação e conservação deste bioma, considerado o berço das águas, o Governo do Estado, por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) desenvolve um forte planejamento de ações para auxiliar na redução dos índices de queimadas e incêndios florestais.

Por: Divulgação
Atualizada em: 11/09/2018 17h20min
Foto: Divulgação
Plano de Proteção Contra o Fogo é uma das medidas do Naturatins

Nesta terça-feira (11), comemora-se o Dia Nacional do Cerrado. No Tocantins, este bioma é considerado a vegetação oficial, por abranger praticamente 90% do território. Além da região norte, no país o cerrado está presente também no  centro-oestesudeste e nordeste.

No sentido de manter a preservação e conservação deste bioma, considerado o berço das águas, o Governo do Estado, por meio do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) desenvolve um forte planejamento de ações para auxiliar na redução dos índices de queimadas e incêndios florestais.

O diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Naturatins, Gilberto Iris de Oliveira esclarece que o órgão realiza diversas ações, como por exemplo, o Plano de Proteção Contra o Fogo, através do Núcleo de Manejo Integrado do Fogo (MIF), nas Unidades de Conservação administradas pelo órgão ambiental.

“A queima prescrita é feita com o fogo de baixa intensidade e tem como finalidade diminuir o material combustível como o capim, propício a queimada, que geralmente ocorrem no período de falta de chuvas, causando prejuízos à fauna e a flora”, explica.

O gestor também destaca medidas como a criação de Brigadas Contra Incêndios Florestais, que tem como objetivo prevenir que um simples foco possa transformar em um incêndio de grandes proporções. “Desta forma as brigadas foram implementadas e foram contratados 60 brigadistas que estão atuando nas Unidades de Conservação de Proteção Integral”, adiantou.

Lembrando que no Tocantins as unidades de gestão do Naturatins são os Parques Estaduais do Jalapão, Cantão e Lajeado e o Monumento Natural das Árvores Fossilizadas, com suas respectivas Áreas de Proteção de Ambiental (APA). “Vale ressaltar que o Naturatins estuda a viabilização de novas Unidades de Conservação, que sem dúvida são alternativas de proteção e conservação do cerrado”, reforça Gilberto Iris.

Outra importante iniciativa do Naturatins referente à manutenção do cerrado foi à suspensão das autorizações de queima controlada, até o próximo dia 30 de outubro, período de vigência da Portaria nº 223, expedida em 29 de junho pelo Naturatins.

Cerrado

Considerada a savana mais rica do mundo, com 6 mil espécies de plantas nativas e uma notável diversidade de espécies animais endêmicas, o cerrado abrange uma área de 2.036.448 km², cerca de 23,9% do território brasileiro. Abriga aproximadamente 200 espécies de mamíferos, 800 espécies de ave, 180 de répteis, 150 de anfíbios e 1.200 espécies de peixes, que nadam pelas três maiores bacias hidrográficas do continente, cujas nascentes situadas no bioma elevam o potencial aquífero da área.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins