Nº 1295 ano 2018
Data:

Estado Saúde


Outubro Rosa alerta para prevenção ao câncer de mama

No Tocantins, segundo Gerência da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, em 2016 foram registrados 75 novos casos de câncer de mama e 34 em 2017.

Por: Divulgação
Publicada em: 01/10/2018 20h04min
Atualizada em: 03/10/2018 17h39min
Foto: Nielcem Fernandes
Durante todo o “Outubro Rosa” no Tocantins, haverá ações

Outubro Rosa um movimento internacional, criado na década de 90, com o objetivo de estimular a população a participar do controle do câncer de mama, que é a segunda maior causa de morte de mulheres no mundo. Durante todo o mês, A Secretaria de Estado da Saúde, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) e todos os entes envolvidos no tratamento compartilham informações em busca de conscientizar o maior número de pessoas sobre a doença.

No Tocantins, segundo Gerência da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, em 2016 foram registrados 75 novos casos de câncer de mama e 34 em 2017.

Segundo o gerente da Rede de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer, Rodrigo Cândido, “após a realização da mamografia se o resultado for alterado, a paciente é encaminhada para consulta com o mastologista. Quando detectado nódulo é realizada a biópsia. Existem dois protocolos de tratamento que depende do estágio do tumor: o 1º protocolo começa com a retirada da mama chamado mastectomia, seguido de quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia por 5 anos. O 2º protocolo começa com quimioterapia para diminuir o tumor, mais cirurgia com retirada da mama, seguida de radioterapia e hormonioterapia por 5 Anos”, explicou.

Além dos protocolos acima, Rodrigo destacou que o Ministério da Saúde orienta o exame de mamografia em mulheres assintomáticas na faixa etária de 50 a 69 anos. “Ressaltamos que para as pacientes que possuem nódulo ou caroço na mama o exame de mamografia deve ser realizado em qualquer faixa etária. Pois este exame é o método utilizado para a identificação de lesões precursoras ou câncer em estágio inicial”, afirmou, acrescentando que os exames de mamografia poderão ser solicitados pelos profissionais médicos ou enfermeiros das Unidades Básicas de Saúde.

Serviços

O Estado possui duas Unidades de Alta Complexidade em Oncologia (Unacons), uma em Palmas (HGP) e outra em Araguaína (HRA), que contam com assistente social, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, médicos especialistas, nutricionista, odontólogo, psicólogo e técnico em enfermagem. O Serviço de Diagnóstico de Mama é oferecido em Palmas, Araguaína, Augustinópolis e Gurupi, com equipe formada por mastologista, enfermeiro e técnico em enfermagem.

Durante todo o “Outubro Rosa” no Tocantins, haverá ações entre palestras, blitz, orientações, rodas de conversa e entrega de material educativo para conscientizar sobre a doença e ressaltar a importância da prevenção e diagnóstico precoce.

Nova radioterapia

O mês de outubro começa com boas noticias para o tratamento de câncer no Tocantins, a Secretaria da Saúde  iniciou a instalação da nova máquina de radioterapia em Araguaína. O processo inclui etapas de instalação, calibragem, testes e treinamento da equipe por se tratar de um equipamento de alta complexidade.

Após a instalação, o Estado solicitará vistoria da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) para liberação do serviço. “Este é um importante passo na prestação desse serviço que atualmente é feito em parceria com o Estado do Maranhão, na região norte do Tocantins, um compromisso do Estado com seus usuários e que desde 2015 não era realizado na região. O funcionamento desta máquina irá sem dúvida reduzir tempo de espera e o desconforto do translado de muitos pacientes”, destacou o titular da SES, Renato Jaime.

A máquina de radioterapia de Araguaína atenderá pacientes que atualmente fazem o tratamento em Imperatriz (MA), por meio de pactuação, via Sistema Único de Saúde (SUS). Além do tratamento de radioterapia no Maranhão, os pacientes do Tocantins também contam com a oferta do exame em Palmas, em serviço privado pago pelo Estado, habilitado pelo Ministério da Saúde, que está ofertando tratamento de radioterapia.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins