Nº 1299 ano 2018
Data:

Principal ACERTOS


Pesquisas do Vope/Primeira Página são confirmadas e Carlesse e Eduardo Gomes vencem as eleições

O Vope/Primeira Página, também foi o primeiro instituto a apontar que o candidato a senador Eduardo Gomes (SD) liderava a preferência, com o resultado das urnas confirmando ele como o mais votado. Ao contrário do que trouxe o Ibope na noite do sábado com Eduardo em terceiro lugar. Gomes conquistou 248.358 votos (19,48% dos válidos), enquanto Irajá recebeu 214.355 (16,82%).

Por: Da redação
Publicada em: 08/10/2018 11h09min
Atualizada em: 09/10/2018 14h58min
Foto: Divulgação
Eduardo Gomes (SD) foi o senador mais votado nas eleições deste domingo, alcançando 248.358 votos (19,48% dos válidos).

Mauro Carlesse (PHS) confirmou seu favoritismo nas pesquisas de intenção de votos e conquistou a sua reeleição neste domingo, dia 07, no primeiro turno das eleições. O instituto Vope/Jornal Primeira Página, nas três rodadas que publicou, sendo a última na quinta-feira, dia 04, sempre mostrou larga vantagem do governador, o que sinalizava a sua vitória em primeiro turno.

O Vope/Primeira Página, também foi o primeiro instituto a apontar que o candidato a senador Eduardo Gomes (SD) liderava a preferência, com o resultado das urnas confirmando ele como o mais votado, bem à frente de Irajá Abreu (PSB), eleito para a segunda vaga. Ao contrário do que trouxe o Ibope na noite do sábado com Eduardo em terceiro lugar. Gomes conquistou 248.358 votos (19,48% dos válidos), enquanto Irajá recebeu 214.355 (16,82%).

Mauro Carlesse obteve 404.484 votos (57,39% dos válidos), contra 219.842 para Carlos Amastha (PSB), 31,19%; 47.046 para Márlon Reis (Rede), 6,68%; 31.231 para César Simoni (PSL), 4,43%; e 2.200 para Bernadete Aparecida (Psol), 0,31%.

Paulista, empresário e agropecuarista, Mauro Carlesse chegou para morar no Tocantins há mais de 10 anos, tendo escolhido a cidade de Gurupi, onde iniciou sua carreira política. Foi candidato a prefeito em 2012, elegendo-se deputado estadual em 2014. Assumiu a presidência da Assembleia Legislativa em 2017, e o governo de forma interina em março deste ano com a cassação do governador Marcelo Miranda e da vice Claudia Lelis.

Disputou a eleição suplementar para o mandato tampão e foi eleito no dia 24 de junho no segundo turno. Não teve dificuldades nesta campanha das eleições gerais para manter a vitória consagradora, deixando bem para trás o seu principal adversário, o ex-prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), que nem conseguiu ir para o segundo turno da suplementar e nem agora.

 

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins