Nº 1297 ano 2018
Data:

Polícia Na capital


Polícia Civil recupera e devolve 41 aparelhos celulares

Conforme esta autoridade policial, todos os celulares foram recuperados por meio de investigações realizadas pelos policiais civis da 5ª DPC e estavam na posse de pessoas que responderão pela prática do crime de receptação, conforme determina a legislação penal vigente.

Por: Divulgação
Publicada em: 05/11/2018 15h53min
Atualizada em: 07/11/2018 17h47min
Foto: Divulgação
Os objetos foram subtraídos em vários bairros da região Sul de Palmas

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 5ª Delegacia de Palmas, efetuou, na tarde da última quinta-feira (1º), a restituição, aos legítimos proprietários, de 41 aparelhos de celulares, de um total de 57 telefones, os quais haviam sido furtados ou roubados, na região Sul da Capital, e foram recuperados pela equipe de Policiais Civis da 5ª DPC, comandada pelo delegado Marivan da Silva Souza, somente no mês de outubro de 2018.

Conforme esta autoridade policial, todos os celulares foram recuperados por meio de investigações realizadas pelos policiais civis da 5ª DPC e estavam na posse de pessoas que responderão pela prática do crime de receptação, conforme determina a legislação penal vigente.

Ainda segundo o delegado, os objetos foram subtraídos em vários bairros da região Sul de Palmas, sendo que em muitos casos, houve o efetivo emprego de armas de fogo e violência por parte dos autores.

A autoridade policial também informou que às investigações foram intensificadas com o objetivo de identificar os suspeitos de cometerem os furtos e roubos dos bens, hoje restituídos. 

Por ocasião da restituição dos celulares aos seus verdadeiros donos, o delegado reforçou o alerta à população em geral, acerca dos cuidados e procedimentos a serem tomados, caso uma pessoa tenha seu celular roubado, furtado ou, por ventura, seja vítima de qualquer outro tipo de crime. “Todo cidadão que tiver seu celular furtado ou roubado, deve comparecer imediatamente até a Delegacia de Polícia Civil mais próxima e registrar o Boletim de Ocorrência para que a Polícia Civil possa dar início às investigações objetivando recuperar o bem. Para isso, é muito importante que a vítima traga consigo a nota fiscal do produto, bem com o número do IMEI, (número de série do aparelho), no caso de telefone celular, pois desse modo, fica mais fácil para que possamos localizar o item subtraído”, ressaltou.

Somente no ano de 2018, a Polícia Civil, através da 5ª Delegacia de Polícia de Palmas, já recuperou e devolveu aos verdadeiros donos, mais de 200 aparelhos de telefone celular.

As ações continuam em todas as regiões da Capital, no sentido de recuperar mais celulares furtados ou roubados e identificar as pessoas que estejam de posse dos mesmos para que respondam criminalmente conforme determina a lei. 

Segundo a Perícia Oficial, mesmo considerando o estado de conservação e avarias em que se encontram, as dezenas de aparelhos celulares restituídos pela Polícia Civil, hoje, foram avaliados em R$ 24.635,10 (vinte e quatro mil seiscentos e trinta e cinco reias e dez centavos).

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins