Nº 1298 ano 2018
Data:

Principal Operação Febre do Ouro


Polícia Federal investiga comércio ilegal de ouro no Tocantins

A medida visa desarticular o comércio ilegal de ouro extraído da cidade de Natividade e região, colher informações sobre os principais compradores de ouro e buscar elementos para estimar a quantidade de ouro extraída na referida localidade.

Por: Divulgação
Publicada em: 05/12/2018 14h37min
Atualizada em: 06/12/2018 15h34min
Foto: Divulgação
Destaca-se que apesar de ser região conhecida pela exploração de ouro, não há a produção oficial declarada

A Polícia Federal deflagrou nessa manhã (05) a OPERAÇÃO FEBRE DO OURO com o objetivo de desarticular suposto comércio ilegal de ouro extraído na região de Natividade/TO.

Aproximadamente 24 Policiais Federais cumprem seis Mandados Judiciais de Busca e Apreensão expedidos pela Vara Federal de Gurupi/TO e seis Mandados de Intimação nas cidades tocantinenses de Chapada de Natividade, Natividade, Santa Rosa do Tocantins e no município baiano de Luís Eduardo Magalhães.

A investigação teve início a partir da realização de fiscalização em garimpo ilegal da região
de Natividade, com posterior identificação dos principais compradores de ouro. A medida visa desarticular o comércio ilegal de ouro extraído da cidade de Natividade e região, colher informações sobre os principais compradores de ouro e buscar elementos para estimar a quantidade de ouro extraída na referida localidade. Destaca-se que apesar de ser região conhecida pela exploração de ouro, não há a produção oficial declarada. 

Os investigados podem responder pelos crimes de organização criminosa, usurpação de bens da união e extração ilegal de ouro. O nome da operação faz referência ao fenômeno de migração de pessoas para os locais onde é descoberto a presença do valioso metal.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins