Nº 1297 ano 2018
Data:

Principal Cultura regional


Porto Nacional receberá novo portal de entrada

A obra de 13 metros de altura, será um cartão postal identificando ainda mais a cidade portuense como patrimônio histórico, uma vez, que a cidade é considerada berço da cultura do Tocantins.

Por: Divulgação
Publicada em: 15/10/2018 16h10min
Atualizada em: 16/10/2018 15h09min
Foto: Dornil Sobrinho
O portal retrata os Arcos da Catedral. Com riqueza de detalhes, o artesão e artista plástico Antônio Luiz Ribeiro das Neves, conhecido popularmente como Tauru, está na fase de conclusão da obra

A Prefeitura de Porto Nacional está prestes a realizar a conclusão da nova entrada da cidade, com o monumento que levará o nome de Portal e Arcos Reais.

A obra de 13 metros de altura, será um cartão postal identificando ainda mais a cidade portuense como patrimônio histórico, uma vez, que a cidade é considerada berço da cultura do Tocantins. A nova entrada vai deixar Porto Nacional mais atrativa.

O portal retrata os Arcos da Catedral. Com riqueza de detalhes, o artesão e artista plástico Antônio Luiz Ribeiro das Neves, conhecido popularmente como Tauru, está na fase de conclusão da obra, solidificando o símbolo da cidade com painéis em alto relevo modelados em argila.

A obra não se resume ao monumento. Em torno dele, está sendo construído uma área de paisagismo que contará com iluminação LED. No local será plantadas árvores de ipê e flamboyant, e vai receber calçamento pra caminhada.

Para o secretário municipal da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, a construção do portal é um fato importantíssimo, porque mostra as transformações que o Município tem vivenciado.

“É uma nova maneira de administrar Porto Nacional, além disso, é uma inovação realizada com inteligência e criatividade demonstrando o amor que temos pela nossa cidade e pela valorização do nosso patrimônio cultural”, ressaltou o secretário da Secult.

A obra teve contribuição de emenda parlamentar do deputado federal, Vicentinho Júnior, através do Ministério do Turismo.

O portal fica localizado na região norte da cidade, no sentido TO-050, Rodovia Governador Henrique Santillo.

Para o prefeito Joaquim Maia, o portal é uma bela obra que, além de sinalizar a chegada à Porto Nacional, faz alusão ao Centro Histórico da cidade, com características da Catedral Nossa Senhora das Mercês.

“A construção do Portal atende a um pedido que ouvimos diretamente da população quando, durante a campanha, caminhamos por toda a cidade. Dará a Porto Nacional uma referência e com certeza aguçará a curiosidade daqueles que estejam só de passagem, fazendo com que entrem e conheçam nosso Centro Histórico, fomentando nossa economia e o turismo local”, comemorou o prefeito Joaquim Maia.

Equipe Técnica

A construção do portal está dentro das ações de urbanização que o Município prevê para a cidade, nos aspectos da política pública de Turismo com fins a melhorar a qualidade de vida da população e a infraestrutura.

A Prefeitura conta com o Setor de Gerenciamentos de Projetos, que é composta por uma equipe técnica que envolve engenheiro, arquiteto, técnico em edificações e economista. Essa área é responsável pela capitação de recursos junto ao governo federal e estadual, e de promover projetos.

De acordo com o engenheiro da Prefeitura, Carlos Demóstenes Braga, a obra do portal também vai receber investimentos de paisagismo.

“Com uma estrutura monumental resistente ao tempo, a nova entrada é feita no concreto armado, com revestimento em pedras, onde contará com arcos e colunas ornamentadas. Toda essa revitalização vai embelezar a cidade, além de melhorar o tráfego no local e impulsionar o turismo”, analisou.

Braga reiterou ainda que o portal vai comportar a duplicação da Rodovia TO-050. “A pessoa que chegar aqui de Palmas, não vai precisa ir até a rotatória do Posto do Batista, pra entrar na região Norte da cidade. O portal em si dá acesso às pessoas que moram nos setores Nova Capital, Vila Nova, Tropical Palmas, enfim contemplando toda região norte”, destacou. 

Painéis em argila

A narrativa trazida pelos painéis de argila retrata a singularidade do cotidiano da história local, nos casarões do centro histórico, nos homens com seus animais, na cidade banhada pelo Rio Tocantins, como potencial dos afazeres econômicos.

O portal, quando receber a instalação dos painéis, vai despertar mais atenção pela grandiosidade e detalhes do monumento, que parece ganhar vida através da exímia habilidade das mãos de Tauru que vem fazendo história no Tocantins.

De acordo com ele, o processo de criação dos painéis teve quatro fases: criação, modelagem, forma, fundição e pintura final. O artesão comenta sobre a confecção dos painéis e brasão.

“Todo processo foi feito em argila. Após isso, fiz uma forma em gesso. Depois usei fibra acrílica, fibra de carbono e resina poliéster. Também vai receber uma proteção ultravioleta contra o sol. E quando se fala em fundição, pode ser materiais como o bronze, o ferro, ou metal. Mas eu optei pela fibra, por ser um material leve, e altamente resistente. Quanto ao brasão do município, que também consta como adereço do portal, foi modelado em madeira, e fundido em fibra”, explicou.

Conforme ele, o monumento Portais e Arcos Reais vêm para dar novas visibilidades sobre a história de Porto Nacional e das paisagens urbanas do Tocantins. Isso significa que a cidade terá outra dimensão histórica no que diz respeito à valorização do seu sítio urbano, seja ele: cultural, étnico, histórico, geográfico, paleontológico ou turístico.

“Esse monumento de arcos e portais em Porto Nacional, se torna um novo patrimônio histórico municipal, que tende a valorizar e consolidar ainda mais a sua posição diante das políticas públicas destinadas as atividades afins no seu sítio urbano”, disse Tauru.

No momento, o trabalho está na sua fase final, recebendo a pintura.

O portal possuirá dois brasões em alto relevo, com letras em inox prata com a saudação “Seja bem-vindo a Porto Nacional” e “Volte Sempre.” Tauru, contou com a ajuda de dois artesãos, Etiene e Gero, na modelagem dos painéis.

A obra será feita com recursos de uma emenda parlamentar liberada pelo deputado federal Vicentinho Júnior, em atendimento à solicitação feita pelo prefeito Joaquim Maia.

O artesão e artista plástico – Tauru 

O artista portuense se diz orgulhoso de poder deixar sua marca em uma belíssima cidade como Porto Nacional, e ao mesmo tempo agradecido pela confiança e o reconhecimento do seu trabalho.

Tauru, 52, é artesão e artista plástico. E trabalha desde os 12 anos com a arte. Tem assinado grandes obras, desde bustos de personalidades, esculturas, e troféus de festivais de cinema. No artesanato, desenvolve peças e objetos de resina, metal, capim dourado e buriti. Também participou na produção das frisas do Palácio Araguaia ao lado do artista plástico Maurício Bentes, criador das figuras em alto relevo, feitas de resina com fibra de vidro. Atualmente Tauru está iniciando um grande projeto no Morro de São João, no município de Santa Rosa, um memorial em homenagem a Zumbi dos Palmares.

Autodidata, Tauru têm reconhecimento popular e acadêmico em toda Porto Nacional, sendo reconhecido e respeitado em todo o cenário estadual.

“Eu fico feliz em ser portuense e de ver esse projeto aprovado, e a gente ter conseguido consolida-lo. Eu sou artesão de formação familiar. E minha trajetória toda foi trabalhar com artes, artesanato, buscando conhecimento no campo da arte. Fiz muita pesquisa sobre todo tipo de matéria-prima. Então assim, nesse tempo consegui obter muitas técnicas, e hoje eu domino todas as técnicas. Desde um pequeno objeto a um grande monumento, eu estou preparado pra construir”, enfatizou.

O artesão revela ainda que para a criação da obra do portal, teve que pesquisar sobre a representação dos arcos nas cidades históricas, e contou com a ajuda do amigo e Professor Doutor em Geografia, Elizeu Ribeiro Lira, da Universidade Federal do Tocantins.

“Ajudei o Tauru a escrever a justificativa escrita da obra. Ele me convidou, e eu fui participando da pesquisa. E assim pesquisamos o que é um arco nas cidades históricas, na Europa e no Brasil colônia. Então, aonde a gente encontrou que tinha arco numa cidade, fizemos uma descrição da sua importância histórica, para um portal de entrada que, simbolicamente, expressa pra comunidade. E o Tauru foi muito feliz em representar os arcos da Catedral ali. Eu acredito sim que é uma obra que vai dar outra dimensão pra nossa cidade. O turista que chega e ver a imponência da obra com sua estética arquitetônica vai ter uma impressão histórica de como é nossa cidade. O arco em si leva a pessoa a conhecer o centro histórico, nem que seja só de passagem. E isso é muito importante, porque os arcos simbolicamente representam espaço, período, tempo histórico de uma sociedade em um espaço urbano”, valorizou o professor da UFT.

Mesmo em fase final de acabamento o artista destaca que a obra já chama a atenção de várias pessoas que param para vislumbrar e registrar com fotografias o monumento ainda inacabado.

“O sentido dessa obra, é que desde a antiguidade as grandes fortificações tinham delimitação de limites, e proteção. O meu pensamento é de que Porto Nacional precisaria mostrar sua identidade. E assim foi feito, um portal que simboliza uma obra já existente, e que a gente já tem como um grande significado, que é a nossa Catedral”, falou o idealizador da obra do portal.

A obra

- Construção do Portal Norte

- Autorização de início de obra emitida pela caixa econômica em dezembro 2017

- Prazo de 270 dias para a conclusão

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins