Clique aqui e leia a versão digital
Nº 1261 ano 2017
Data:

Geral Região de Taquaruçu


Produtores rurais apresentam propostas para a Revisão do Plano Diretor

A proposta do secretário de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium, para o problema da água é a instalação de mecanismos eficientes de armazenamento da água das chuvas, tais como barragens, já que o índice pluviométrico na região é alto.

Por: Divulgação
10/08/2017 10h:04min Atualizada em 10/08/2017 10h:04min
Dentre os assuntos em discussão, o acesso à água foi unanimidade entre os produtores rurais.

Com potencial para o turismo e para a produção agrícola, os distritos de Buritirana e Taquaruçu foram discutidos em reunião Comunitária de revisão do Plano Diretor de Palmas, nesta quarta-feira, 09, na Escola Municipal Luiz Nunes.

No turismo, os recursos naturais de Taquaruçu e as manifestações culturais tradicionais, como as festas religiosas, se apresentam como potenciais.

Já a região de Buritirana é predominantemente agrícola, tanto na agricultura familiar, pelos projetos de assentamento rural quanto por grandes empreendimentos de produção de soja. Desta forma, as propostas apresentadas foram para a melhoria da logística para o escoamento da produção rural, bem como a elaboração de projetos de preservação dos mananciais e de acesso à água.

Na ocasião, o secretário de Desenvolvimento Urbano, Regularização Fundiária e Serviços Regionais, Ricardo Ayres, ressaltou a importância da integração do planejamento entre os meios rural e urbano. “Não adianta o meio urbano ser organizar e afugentar quem produz. Precisamos nos adaptar as necessidades rurais, com o planejamento de estradas vicinais mais largas para a melhoria do escoamento da produção, por exemplo, só assim vamos transformar Palmas em uma cidade mais competitiva e mais justa”,  ressaltou Ayres.

Água e Serviços Públicos

Dentre os assuntos em discussão, o acesso à água foi unanimidade entre os produtores rurais.  “Nós temos muitos rios, mas estão secos, é preciso cuidar desses rios e levar água para os assentamentos, que aqui é o que falta para a gente”, disse o presidente do Projeto de Assentamento Sítio, José Lopes.

“A gente precisa preservar as nascentes, e instalar poços artesianos e barragens para atender  quem produz nessa região”, ressaltou, o produtor Paulo César.

“Percebemos que a questão da água é fundamental para essa região, e isto será levado ao Plano Diretor. O Plano Plurianual está sendo discutido junto com o Plano Diretor, e vamos colocar isso como uma necessidade urgente para o PPA”, informou o presidente do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (IMPUP), Ephim Slhuger.

A proposta do secretário de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium, para o problema da água é a instalação de mecanismos eficientes de armazenamento da água das chuvas, tais como barragens, já que o índice pluviométrico na região é alto.

A instalação de equipamentos públicos para o lazer e serviços tanto nos distritos quanto nos assentamentos também estão entre as demandas da comunidade. “Se o povo quer se divertir, se precisa de uma escola de segundo grau, não tem em Buritirana”, ressaltou o presidente da Associação de Moradores de Buritirana, Firmino Luz Fragoso.

“Precisamos de locais de lazer para a juventude e a família, nossos jovens ficam ociosos”, contou a moradora de Buritirana, Carlene da Silva.

Logística e regularização

A ampliação das estradas vicinais e melhoria da infraestrutura destas também foi proposta da população, bem como a regularização fundiária dos pequenos proprietários de terras. “A gente precisa do título definitivo da terra, para facilitar a venda de nossos produtos”, disse Antônio de Pádua do P.A Sítio.

Já na logística, os produtores propõem o alargamento da rodovia de acesso à Buritirana, bem como das estradas vicinais, além da “instalação de placas de identificação dos Projetos de Assentamentos”, demanda apresentada pelo produtor Paulo César.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins